Menu

Versão
impressa

Edição impressa
Menu
Busca

Justiça

Polícia recaptura 517 presos que fugiram de presídios em SP; 317 seguem foragidos

Na tarde de ontem (16), rebeliões em três penitenciárias do estado de São Paulo

17.03.20 14:27

Em nota,  Secretaria da Administração Penitenciária afirmou que situação está sob controle (Reprodução)

Em nota, Secretaria da Administração Penitenciária afirmou que situação está sob controle (Reprodução)

De acordo com a Secretaria da Administração Penitenciária, 517 detentos já foram presos novamente, após rebelião e fuga em três presídios do estado de São Paulo na tarde de ontem (16). Ao todo, restam capturar outros 317 detentos. 
Até o momento, foram recapturados: 184 detentos em Mongaguá, 82 em Tremembé e 251 em Porto Feliz. 
Em nota, a secretaria afirmou que todas as unidades abrigam “apenas presos em regime semiaberto, que é o preso que tem a possibilidade de sair para trabalhar ou estudar durante o dia e retornar, e que por lei tem direito a cinco saídas temporárias por ano.”
Em Mirandópolis, no interior do Estado, presos fizeram uma rebelião, mas não houve fuga. Equipes foram acionadas para conter o movimento, assim como em Taubaté.
Pandemia

Nesta segunda-feira, o Tribunal de Justiça de São Paulo decidiu suspender audiências consideradas não urgentes e vetou a presença do público em julgamentos e em fóruns para evitar o contágio do coronavírus. A recomendação é que só sejam atendidos casos considerados urgentes - que envolvam réus presos, menores infratores e alguns casos da área de família.
A Superintendência da Polícia Federal em São Paulo suspendeu as visitas às pessoas custodiadas na sede da Polícia Federal.
 

DESTAK EDITORA S.A. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização expressa. Copyright – Termos de uso