Notícia

Pelo país

Mais de mil municípios do país ainda não tem acesso à tecnologia 4G

01.05.2019 17:06 por Redação
O 4G chegou ao Brasil em 2013, em preparação do país para a Copa das Confederações
Foto: Pixabay

Dados da Associação Brasileira de Telecomunicações (Telebrasil) apontam que 1.085 cidades brasileiras ainda não têm acesso internet por meio da tecnologia 4G. Atualmente, a cobertura está em 4.485 dos 5.570 municípios - o que equivale a 95,7% da população.


Entre março de 2018 e 2019, foram ativados 25,5 milhões de chips pela telefonia 4G - o valor representa um crescimento de 23%. Apenas no primeiro trimestre de 2019, 6 milhões de novos chips. 

O 4G chegou ao Brasil em 2013, em preparação do país para a Copa das Confederações. A tecnologia permite maior velocidade de navegação, já que os dados são trocados por cabos de fibra óptica, ao contrário da 3G, por ondas de rádio. 

A cobertura 3G também ainda não cobre todo o país, ela está em 5.407 municípios. Até março, o país somava 207 milhões de acessos à internet pela rede móvel. 

Conectados
O mais recente levantamento do IBGE, que leva em conta dados de 2017, aponta que a banda larga móvel é mais usada o país, com presença em 78,5% dos domicílios. A banda larga fixa está em 73,5%. A internet discada se mostrou irrelevante: apenas 0,4% dos domicílios com acesso registraram esse tipo de conexão.

No Sudeste, a banda larga móvel está presente em 83,5% dos domicílios com conexão e a fixa em 72,5%. O Nordeste é a única região em que os índices se invertem: a banda larga fixa existe em 74,2% dos domicílios com internet e supera os 63,8% da banda larga móvel.

De 2016 para 2017, a quantidade de casas na área rural com acesso subiu mais de sete pontos percentuais, de 33,6% para 41%. No mesmo período, as residências com conexão nos centros urbanos tiveram alta de cinco pontos percentuais, de 75% para 80,1%.


pub