Você está em: São Paulo > São Paulo > Multas por evasão de pedágio explodem

<< voltar próxima matéria >>

São Paulo

Multas por evasão de pedágio explodem

01 de Outubro de 2017

Mesmo com toda a fiscalização, incluindo agentes de trânsito e câmeras de monitoramento, as multas por evasão de pedágio quintuplicaram de janeiro a agosto deste ano nas rodovias que cortam a Região Metropolitana de São Paulo.

Dados do DER (Departamento de Estradas de Rodagem) aos quais o Destak teve acesso, indicam que 135.737 autuações foram registradas no período em sete rodovias que cortam o Estado. Uma média de quase 17 mil ao mês.

No mesmo período do ano passado foram aplicadas 25.637 multas por evasão de pedágio.

De acordo com dos dados do DER, a rodovia em que mais foi registrado esse tipo de infração neste ano foi a Castello Branco, que liga a capital ao interior, com 63.548 ocorrências.

Cada motorista que comete a evasão recebe uma multa no valor de R$ 195,23 e cinco pontos em seu registro da CNH (Carteira Nacional de Habilitação).

Outro órgão que possui poder para apontar infrações é a Polícia Rodoviária Estadual. Neste caso, a quantidade de registros caiu 24%, passando de 16.918 nos oito primeiros meses do ano passado, para 12.736 neste ano.

Pelos dados da polícia, a maior incidência de janeiro a agosto ocorreu na rodovia Anhanguera, que também liga a capital a cidades do interior, com 5.073 casos.

A Polícia Rodoviária ainda explicou que os condutores de caminhão são os que mais cometem a infração. "A forma mais comum que os motoristas utilizam para praticar essa infração é simular que possuem instalado em seus veículos o sensor do sistema Sem Parar. Ao adentrarem nessa faixa específica, forçam a passagem chocando-se com a cancela do pedágio, caracterizando a fuga", relata a polícia .

Para o especialista em engenharia de transportes, Horácio Figueira, a falta de dinheiro para pagamento da tarifa pode ser o principal fator para evasão.

"É errado furar o pedágio, mas o número é pequeno, isso não dá prejuízo para a concessionária. Isso já está diluído no cálculo no momento da concessão. Não tem o que fazer para coibir. É uma situação imprevisível", afirmou.

Figueira ainda critica os cinco pontos na CNH. "Quatro estava bom demais", completou.

Registros da Artesp

Diferentemente do DER e da polícia, a Artesp (Agência de Transporte) apenas contabiliza os casos. Segundo ela, a quantidade de ocorrências caiu 38% de janeiro a agosto deste ano.

Multas por evasão de pedágio explodem
0
348855


PUBLICIDADE

COD1141_conversordevinil_315x260_gif