Você está em: São Paulo > Rio > Prefeitos apoiam ato de trabalhadores do Comperj no Centro

<< voltar

Rio

Prefeitos apoiam ato de trabalhadores do Comperj no Centro

24 de Agosto de 2015

Prefeitos de cidades afetadas pelo atraso nas obras do Comperj, em Itaboraí, região metropolitana, participaram ontem do protesto de trabalhadores do complexo, que chegou a bloquear as avenidas República do Chile e Brasil. Rodrigo Neves, de Niterói, Neilton Molim, de São Gonçalo, e Helil Cardoso, de Itaboraí, se reuniram à tarde com o diretor de Abastecimentoda Petrobras, Jorge Ramos, e de Engenharia, Roberto Moro, além de representantes dos operários da obra.

Os manifestantes estimam que 5 mil pessoas tenham participado do ato. Eles pedem a continuação das obras do Comperj, que foram 85% concluídas. Outros grupos que apoiaram o protesto incluem comerciantes envolvidos na construção, o CREA-RJ (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Rio), a OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) e empregados da Petrobrás.

A construção do complexo de 45 km², que compreenderia duas refinarias, uma unidade de gás natural e uma estação petroquímica, deveria estar pronta desde 2011. O plano inicial teve que ser reduzido a apenas uma refinaria.

Segundo o Ministério Público do Trabalho, o atraso prejudicou mais de 4 mil operários. Itaboraí foi o município do Rio mais prejudicado pela crise. Lá, a arrecadação chegou a cair 50%.

Prefeitos apoiam ato de trabalhadores do Comperj no Centro
0
279055


PUBLICIDADE

Corrida TV+ Destak - Etapa São Caetano do Sul

PUBLICIDADE

COD1141_conversordevinil_315x260_gif