Você está em: São Paulo > Mundo > Ilha dos EUA é alvo de tensão nuclear

<< voltar próxima matéria >>

Mundo

Ilha dos EUA é alvo de tensão nuclear

10 de Agosto de 2017

O regime norte-coreano e o presidente americano, Donald Trump, elevaram a escalada verbal ontem, enquanto as bases dos Estados Unidos na ilha de Guam, no Pacífico, estão sob a ameaça de um ataque de Pyongyang.

A Coreia do Norte criticou a "falta de sensatez" de Donald Trump em relação ao regime, enquanto o presidente americano afirmou que seu alerta de lançar "fogo e fúria" sobre o país asiático talvez não tenha sido "duro o suficiente". Além disso, Trump afirmou que a China, principal parceiro econômico de Pyongyang, poderia "fazer mais" para amenizar a situação.

O general norte-coreano Kim Rak Gyom anunciou que, em meados deste mês, deve estar pronto o plano de ataque a Guam, que consiste em lançar quatro mísseis que sobrevoariam o Japão. Os detalhes serão apresentados para a aprovação do líder Kim Jong-un.

O plano de ataque à ilha, importante reduto estratégico dos EUA na região, é destinado a enviar "uma advertência" já que, segundo Pyongyang, com Trump "só funciona a força absoluta".

A declaração norte-coreana foi divulgada após alguns tuítes de Trump, na quarta-feira (9), que elogiavam o arsenal nuclear americano, "mais forte e poderoso do que nunca".

Sanções

A União Europeia anunciou, ontem, que ampliará lista de sanções contra a Coreia do Norte, acrescentando nove pessoas e quatro entidades, após as repetidas violações por Pyongyang das resoluções da ONU sobre os seus programas nuclear e balístico.

Ilha dos EUA é alvo de tensão nuclear
0
344204


PUBLICIDADE

COD1141_conversordevinil_315x260_gif