Você está em: São Paulo > Diversão & Arte > 'Inumanos' abre nova fase da Marvel na TV

<< voltar próxima matéria >>

Diversão & Arte

'Inumanos' abre nova fase da Marvel na TV

13 de Novembro de 2017

Se no cinema a Marvel se prepara para seguir em frente e amarrar as pontas dos heróis já conhecidos pelo público, com "Vingadores" 3 e 4, e abre espaço para novos personagens, na televisão não é diferente. Com séries como "Demolidor" e "Agents of Shield" há mais de três anos no ar, quem dá início à nova fase do estúdio na TV é "Inumanos", que estreia hoje, no canal Sony. Na sexta, "O Justiceiro" entra na grade da Netflix.

No entanto, uma obra é bem diferente da outra. A primeira adapta as HQs de 1965, criadas por Jack Kirby e Stan Lee. Na história, os inumanos são descendentes de pessoas comuns, que foram geneticamente modificadas.

Mesmo que a ideia de criar um seriado para os Inumanos tivesse uma perspectiva interessante, no começo, sua execução acabou se tornando uma das piores coisas que a Marvel já fez. Os atores são péssimos e nem a filmagem exuberante, realizada para ser exibida nos cinemas Imax, ajuda.

Logo, o seriado é dispensável e não apresenta grandes mudanças para o universo. Já as expectativas para as produções "Cloak & Dagger", "Runaways" e "New Warriors" são diferentes. (Leia mais ao lado).

O vigilante

A segunda temporada de "Demolidor" foi, no geral, esquecível, mas a trama de Frank Castle salvou uma boa parte dos episódios. O personagem, vivido nessa versão por Jon Bernthal, é um vigilante que apareceu pela primeira vez nos quadrinhos em 1974. Ele já teve diversos papéis nas histórias da Marvel, e suas origens, e a morte de sua mulher e filho, impulsionam seu desejo por vingança.

Apresentado pela primeira vez como o antagonista na trama, a série que leva o nome do protagonista tenta transformá-lo em personagem interessante e digno de carregar uma produção de 13 episódios nas costas. A narrativa costura seu passado ao presente, e seus traumas servem para justificar suas ações.

Violenta e com uma fórmula que às vezes lembra uma produção meio "noir", "O Justiceiro" é a série mais distinta dos outros quatro protagonistas da Marvel/Netflix (Matthew Murdock, Jessica Jones, Luke Cage e Danny Rand), até então. A obra chega em um momento onde a discussão sobre armamento é muito presente nos Estados Unidos, e não fala sobre o assunto de uma forma ambígua. É possível perceber, por causa da história do protagonista, que a série é a favor do armamento, e cada pedaço do roteiro não faz questão de esconder isso.

Hoje, 21h

'Inumanos' abre nova fase da Marvel na TV
0
352671


PUBLICIDADE

COD1141_conversordevinil_315x260_gif