Você está em: São Paulo > Brasil > Governo vê saída de ministro tucano

<< voltar próxima matéria >>

Brasil

Governo vê saída de ministro tucano

13 de Novembro de 2017

Em meio à desestruturação da base do PSDB em relação ao governo de Michel Temer, o ministro das Cidades, Bruno Araújo, entregou ontem o cargo. A decisão foi anunciada no mesmo dia em que o presidente da República começou as negociações sobre uma reforma ministerial.

Em sua carta de demissão, Bruno Araújo, que é deputado federal, afirmou que não há mais apoio no partido para permanecer no cargo. "Agradeço a confiança do meu partido, no qual exerci toda a minha vida pública, e já não há mais nele apoio no tamanho que permita seguir nessa tarefa".

Os espaços ocupados pelos PSDB, que tinha três ministros, são alvo de críticas, especialmente pelos partidos do Centrão. As divergências iniciaram com a falta de apoio de parte dos deputados tucanos nas votações das denúncias contra Michel Temer e se intensificaram com a destituição de Tasso Jereisatti da presidência interina do partido.

O PSDB realiza eleições nacionais para a diretoria no próximo mês. Ontem, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, disse que não é candidato.

Governo vê saída de ministro tucano
0
352670


PUBLICIDADE

COD1141_conversordevinil_315x260_gif