Menu

Versão
impressa

Edição impressa
Menu
Busca

Saúde

Brasil registra 561 novas mortes por Covid-19

País atinge um total de 94.665 óbitos

03.08.20 20:15

Também foram notificadas mais 16.641 infecções pelo coronavírus no país. (Online Marketing | Unsplash)

Também foram notificadas mais 16.641 infecções pelo coronavírus no país. (Online Marketing | Unsplash)

O Brasil registrou nesta segunda-feira 561 novas mortes em decorrência da Covid-19, o que eleva a contagem total de óbitos no país a 94.665, informou o Ministério da Saúde.
Também foram notificadas mais 16.641 infecções pelo coronavírus no país, o que faz com que o total de casos no Brasil atinja 2.750.318.
O número de novos casos registrados é o menor para um único dia desde 8 de junho. As segundas-feiras, porém, costumam possuir cifras mais baixas do que outros dias úteis, em função do represamento de testes nos finais de semana.
A contagem de mortes, por sua vez, superou o número verificado no domingo, quando foram registrados 541 óbitos.
O Brasil é o segundo país mais afetado pela doença no mundo, atrás apenas dos Estados Unidos.
O chefe de emergências da Organização Mundial da Saúde (OMS), Mike Ryan, disse nesta segunda que países com altas taxas de transmissão, como Brasil e Índia, devem se preparar para uma grande batalha, pois “a saída é longa e exige um comprometimento constante”.
“Alguns países realmente terão que dar um passo para trás e observar muito bem como estão tratando a pandemia dentro de suas fronteiras”, disse Ryan, que pediu por um “reset” na abordagem à doença em alguns locais.
No Brasil, São Paulo é o Estado mais afetado pela doença, atingindo nesta segunda-feira as marcas de 560.218 casos e 23.365 óbitos por Covid-19, segundo o Ministério da Saúde.
Mesmo assim, o Estado registrou, pela segunda semana seguida, um queda no número de mortes e de internações causadas pela doença. De acordo com dados do governo estadual, a contagem de óbitos caiu 8% na semana encerrada no sábado, em relação ao mesmo período da anterior, ao passo que o número de internados recuou em 2,5%.
“Mesmo com o aumento de testes, o Estado de São Paulo reduziu nessas duas semanas o número de internações e o número de óbitos”, disse o coordenador executivo do Centro de Contingência do Coronavírus do governo paulista, João Gabbardo.
Na sequência da lista por Estados divulgada pelo ministério aparecem o Ceará, com 176.961 infecções e 7.752 mortes, e a Bahia, que possui 171.391 casos confirmados e 3.624 mortes.
Ambos os Estados nordestinos, porém, contabilizaram menos mortes que o Rio de Janeiro —que conta com 168.064 casos, quarto maior índice estadual do Brasil, mas verificou 13.604 óbitos, segundo maior nível do país.
Pará, Minas Gerais, Maranhão, Distrito Federal e Amazonas também registram mais de 100 mil casos confirmados de Covid-19.
O Brasil possui 1.912.319 pessoas recuperadas da doença, além de 743.334 pacientes em acompanhamento, segundo o ministério.

DESTAK EDITORA S.A. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização expressa. Copyright – Termos de uso